GALERIA RIPÍCOLA      
   

A galeria ripícola é uma formação linear que interliga e interatua com os sistemas terrestres e aquáticos, sendo bastante fértil e produtiva em termos de biomassa, funcionando como filtro biológico de nutrientes e diversas substâncias poluentes.

Algumas espécies de plantas ripícolas estão altamente adaptadas a perturbações de natureza física, sendo capazes de suportar a imersão temporária ou permanente das raízes e da parte inferior do tronco, tornando estes locais um biótopo único.

Para além do amieiro (Alnus glutinosa), as espécies características deste tipo de bosque incluem os choupos (Populos sp.), o salgueiro-preto (Salix atrocinerea), o sabugueiro (Sambucus nigra), a escrofulária (Scrophularia scorodonia), entre outras.

 
 

Bosques dominados por árvores e arbustos de grande porte, densos e sombrios, associados às margens dos cursos de água permanentes e de regime contínuo.