O rio Uíma é um afluente da margem esquerda do rio Douro, cuja bacia hidrográfica ocupa uma área de cerca de 72 km2. Nasce no lugar de Duas Igrejas, na freguesia de Romariz, concelho de Santa Maria da Feira e tem a sua foz em Crestuma, no concelho de Vila Nova de Gaia, ligeiramente a jusante da barragem de Crestuma-Lever.
A bacia hidrográfica do rio Uíma é um dos principais locais de valor paisagístico e ambiental do concelho de Santa Maria da Feira.
O projeto de reabilitação do rio Uíma está a ser desenvolvido em várias fases e tem como objetivo principal a reabilitação de todo o rio Uíma. Nesta primeira fase do projeto, a área abrangida refere-se a uma secção da sua bacia hidrográfica, que se situa na transição de formas de relevo mais acidentadas a nascente, e de formas onde predominam declives mais suaves a poente, abrangendo as freguesias de Fiães e Lobão.
As zonas húmidas e espaços ribeirinhos têm sido habitados desde as primitivas civilizações devido à elevada produtividade destes ecossistemas e aos numerosos bens e serviços que fornecem, tais como, alimentos, água e matérias-primas.
A exploração destes recursos modificou as características naturais do meio de acordo com as necessidades humanas. Os rios e as zonas húmidas estão entre os ecossistemas mais ameaçados do mundo por poluição e destruição destes espaços. No entanto, onde existem, albergam um legado de elevada importância biológica e cultural.
'+
1
'+
2 - 3
4 - 5
6 - 7
8 - 9
10 - 11
12 - 13
13 - 14
[x]